Muito eu esse look…#bohemianstyle

Salve, salve sobreviventes da folia! Parece que agora o ano começa de verdade, néam? Meu carnaval foi um misto de fazenda/Netflix/Niver dos môsamores, papis e mamis! Nem assistir aos desfiles das escolas de samba eu assisti, quis dar um desconectada geral e acho que consegui…!
Mas, vamos falar de looks? Postei no insta, mas, gosteiiii tanto das fotos que quis postar aqui também 🙂 Quem nunca?
E, esse bem que poderia entrar naquela categoria “Essência da Nena“, já que é muiiito eu! Quando vi esse vestido Hippie chic na Zara, sabia que ficaria lindo com esse bota bem country, adoro misturar estilos bem diferentes e fazer essa brincadeira fashion, que qualquer pessoa pode fazer em casa…rsss
Espero que curtam, porque eu ameiiiiii….

E, que venha o ano!!

Beijos sempre..

Nena.

 

Mello´s Organizer

Olá, bonitas! Quem me segue pelo instagram (@blognenacarvalho38) viu que desde o ano passado a Mello`s Organizer (@hortenciamello e @francielesmelo) e eu estamos num processo de arrumação do meu closet, que, desde a mudança para minha casa nova estava numa vibe, digamos, bemmmm improvisada 🙂 …E, devo confessar a vocês que ao longo de toda a reorganização a gente entra numa catarse íntima profundamente benéfica, viu? Dá vontade de reorganizar tudo na vida, de A a Z!
Ao final de tudo, fiquei encantada não só com o trabalho das meninas, como pelo carinho comigo e com o meu trabalho, ganhei muito além de um closet organizado, duas novas amigas para a vida!!
Fotografei tudinho pra vocês… 😉

Pra organizar, tem que bagunçar primeiro, néam???

Tudo organizado e setorizado…

Antes…

Depois…

Cada calça num cabide? Mão na roda, babies…

Casacos

Dobras inteligentes, dobro de espaço..

Vocês não acreditam no quanto essas colmeias são vida: antes e depois das colmeias…

Solução para os vestidos de festa: Pecs etiquetadas

Por enquanto, tudo em ordem por aqui..

Muito obrigada Mello´s Organizer…

Beijos de luz,

Nena.

Os looks do Grammy 2018

Hi, bonitas, eis que segue firme e forte a saga dos tapetes vermelhos de 2018 e nesse domingo, dia 28, rolou a 60ª edição do Grammy, o Oscar da World Music, onde os melhores são premiados e a gente sempre espera ansiosa pra ver os ganhadores, mas, também pelos baphões e/ou looks lacradores tão comuns a esse tipo de evento. Esse ano a festa foi no arena Madison Square Garden, em Nova Iorque.
O evento é de música, mas, a gente se diverte com looks certinhos, sensuais, ousados e até lokinhos do tapete…Simbora?
P.S. A rosa branca, símbolo do repúdio ao assédio sexual, foi o acessório obrigatório #timesup
Amei as variações sobre o mesmo tema dos terninhos, que dominaram a noite:
Meus favoritos são os usados por Anna Kendrick e Eve


Cyndi Lauper

Janelle Monáe

Sibley Scoles

Lady Gaga – Usando macacão com saia sobreposta Giorgio Armani

Lana Del Rey – Plena e lânguida no seu Gucci, amei os bordados 🙂

Miley Cyrus – Fez o tipo “tomei jeito e agora sou phyna”, uma das mais elegantes da noite..


As sexies…
Bebe Rexha – Seguiu a linha sexy, usando um La Perla (o nude dá uma quebrada na onda)

Camila Cabello

Heidi Klum puxou o bonde transparências..
Essa mulé é um espetáculo!!!

Liz Hernandez

Inshalá, muito brilho..
Keltie Knight

Chrissy Teigen


Ufaaaa…Tentei fazer o “meu” apanhado de destaques…Espero que tenham gostado de ver como eu gostei de fazer!

Beijos de luz,

Nena.

Últimos looks…

Hello, môsamores, como tem andado? Eu sigo na intenção de fazer posts de responsa, trazendo de tudo um pouco, moda com conteúdo, meus looks, inspirações, eventos relevantes, etc…No de hoje, quis fazer um apanhado dos looks que usei e mais gostei, alguns, já postei no insta (blognenacarvalho11), outros, nem mostrei, mas, a maioria traduz a alma de quem se reinventa todos os dias em nome da moda, claro que tudo dentro do meu estilo e das minhas preferências…Tem até foto com zero make, mas, com 100% de felicidade!!!

Bjs de luz..

Nena.

 

#Time´s Up – Todas de preto como forma de protesto!

Hello, môsamores, como já devem ter reparado estou postando bem menos e, ao meu ver, com mais qualidade e relevância, já que estou escolhendo assuntos mais pertinentes e que acho que acrescentam mais…
Então, acho que nada mais legal e engajado do que falar de mulheres unidas e vestidas em prol de um assunto tão importante como é a luta contra o assédio sexual e o abuso no ambiente de trabalho (no caso em questão, Hollywood),  numa iniciativa chamada de Time´s Up as atrizes se vestiram de preto no Globo de Ouro 2018, evento que marca o início das premiações do cinema e televisão, e também soltaram o verbo: “Estou de preto para agradecer e honrar todas as pessoas que vieram à frente para dizer o que têm passado. Visto preto em solidariedade às vítimas de assédio sexual e celebrar esse basta. Queremos mais diversidade, ganhar salários iguais” disse a indicada Debra Messing.
A ação ainda inclui um fundo que já arrecadou milhões de dólares que são usados no apoio legal a homens e mulheres que foram sexualmente assediados, agredidos ou abusados em seu local de trabalho.
Coincidentemente, eu confesso, postei um look no instagram ontem (blognenacarvalho11) toda de preto, que vou mostrar aqui no decorrer da semana…
Hoje, vou mostrar os meus favoritos do Red Carpet e aqueles nem tão favoritos assim:

Margot Robbie, de Gucci – E é claro que o meu predileto seria um Gucci, néam? Mas, a make, cabelo e acessórios merecem um dez também. Chorei no bordado do vestido..

Diane Kruger, de Prada – O meu segundo favorito tem aquele fator “uau” que a gente respeita, o fato é que essa bicha nunca erra e mais uma vez foi de classuda, elegante e musa maior no quesito vou de capa..

Halle Berry, de Zuhair Murad – Honestamente, não sei se gosto mais do vestido ou da “mulé”, me julguem, mas, esse tipo de obviedade rendada me ganha no ato, me vestiria assim hoje…

Heidi Klum, de Ashi Studio – Adorei a textura do vestido, o mullet traz o elemento anti boring do dress e a sandália é deusa…

Alicia Vikander, de Louis Vuitton – Acho que esse look que entra na categoria do “ok” pra tudo, apesar de achar que ele fica fica melhor no vídeo do que na foto! Deixaria o cabelo solto…

Kate Hudson, de Valentino – Essa mulher é um espetáculo, mas, quebrou a banca da beleza com esse corte Joãozinho, gostei muito do efeito das tiras trançadas, tiraria só o colar…

Elizabeth Moss, de Dior – A verdade é que o vestido é a cara da Maison e quem aposta num clássico como esse, nunca erra, mas, vamos dar o crédito néam, meu povo? Ponto pra ela..

Millie Bobby Brown, de Calvin Klein – Eleven, minha filha, esse vestido é uma graça, mas vamos combinar? deixe o coque e a cara de adulta pra daqui cinco anos? Ok.

Sarah Jessica Parker, de Dolce & Gabanna – Convenhamos, ela é musa ever and ever, mas, apesar de todo o drama (que eu adoro) e da coisa meio Scarlet O´Hara (que também amo) que a produção apresenta, não curti o todo…Acho que tiraria as mangas do vestido, só acho!

Kendall Jenner, de Giambattista Valli – Pra fechar com tudo, esse, que foi um dos modelos mais bombados do ano, na versão preta! Amei o cabelo natural e a make leve, pra balancear…

Beijos de luz,

Nena.

Rosa + vermelho para o natal? Sim, sempre…

Oi, môsamores! Mais um ano acabando e “nóis tá como”? Pensando nos looks de natal e ano novo (esse vou pular, já que esse ano vou passar na fazenda), então, quis fazer um afago nos vossos coraçõezinhos e me joguei no “ladylike“, aquele look meio princess, que a gente respeita…Pra mim, uma das grandes tendências desse ano foi o combo rosa + vermelho, que resulta numa combinação harmoniosa e certeira! A bolsa foi um dos meus achados da Black Friday na Coach do Flamboyant e não deu outra, já virou minha companheirinha de todas as horas e acho que nesse look, em questão, inseriu uma outra cor que super casa com a cartela de cores da prodú…
P.S. Estou muito feliz e animada, porque esse ano, pela primeira vez, o natal será na minha casa e estou transbordando de todos os sentimentos: emoção, ansiedade, felicidade, nervosismo, mas, acima de tudo, gratidão, por saber que meus pais estão bem, meus filhos em casa, Tia Maria vindo de Goiânia pela primeira vez, tia Vera melhorando de saúde, Lúcia e Rogério se entendendo, Morgana trabalhando, Ricardo felicíssimo com seu jardim novo, Angélica e família com ótimas perspectivas para 2018, enfim, Deus me abençoou enormemente esse ano e eu só agradeço!!!! Amém, Senhor!
P.S.2 Pausa dramática para a locação, obrigada pelo bom gosto, Núbia e Carvalho!

Feliz natal e muita fé na vida!!!

Beijos,

Nena.

House of AAMA – marca resgata herança negra do Sul dos EUA

Oi, bonitas, quis começar a semana falando de um assunto que encantou profundamente essa semana! Tudo começou quando Akua Shabaka e sua mãe Rebecca Henry criaram em 2013 a House of Aama, marca de roupas que até então era apenas mais uma…
A sorte virou quando elas decidiram que queriam criar algo que traduzisse sua identidade cultural, totalmente voltada às suas origens no sul dos Estados Unidos, cuja história, hábitos e costumes estavam se perdendo com o passar dos anos! Em 2015, Akua mudou-se para Nova Iorque, onde começou seus estudos na conceituada escola Parsons e onde fez trabalhos como modelo para marcas como Gucci e Valentino…Inspirada pela faculdade, Akua segui na direção criativa e dos negócios da House, enquanto, sua Rebecca costurava e produzia as roupas da marca!

A inspiração vem de várias fontes, como uma erva rara medicinal (Bloodroot) que dá nome à recém lançada coleção de inverno como do pai de Akua, renomado baterista de jazz e influência constante no processo de criação da House: “Muito da minha identidade cultural vem dele, especialmente em termos de ser verdadeiro consigo mesmo e ter uma identidade forte. Meu pai, quando entra em um lugar, você já sabe de onde ele vem e como ele é. Acho isso muito importante, especialmente por ser negra, porque nós temos que ter conhecimento da nossa história. Então eu devo muito disso a ele”. Fonte: FFW
Sem deixar de lado as raízes do Sul dos Estados Unidos, base de todo o processo, a coleção busca dar dignidade aos ancestrais trazendo peças como vestidos de inspiração vitoriana atualizados, ternos listrados, blusas de seda…
“Nossos projetos são um reflexo do Sul dos Estados Unidos no pós guerra. Estamos inspirados por este período porque acreditamos que é muito significativo na cultura negra”, diz Akua.











Grande parte das peças é Genderless, ou seja, seguem a tendência do “sem gênero” e podem ser usadas por ambos os sexos:


A loja online me deixou louca!

Beijos inspirados,

Nena.

O estilo de Lívia em “Do outro lado do paraíso”

Olá, môsamores, a novela das nove mal começou e eu já tô “caidinha” de amores pelo estilo de Lívia, a personagem de Grazi Massafera na trama novelesca de Walcyr Carrasco…Lívia será uma riquinha cheia de conflitos, mas, que terá um estilo pra lá de interessante, uma mistura bacanérrima de Boho com o country, transparência, mix de texturas, rocker…!
A figurinista Ellen Milet conta que desenvolveu os looks de Lívia buscou inspiração no universo do rock e recebe de bom grado os pitacos da atriz, que é filha de costureira! “– Ela é moderna e um tanto deprimida. A inspiração surgiu do visual de Francis Bean Cobain, filha do músico Kurt Kobain, do Nirvana, e Courtney Love, que tem um estilo mais barra pesada e ousado – detalha.”

O vestido Helô Rocha foi um dos meus favoritos:

Usaria fácil, fácil esse vestido/camiseta de lurex com cintão, fácil e diferentão:

E esse vestido de noiva da Vanessa Abbud Atelier? Pausa dramática para as botinhas pretas rocker…

A maquiagem da primeira fase é focada no “olhão” preto:

Agora, é esperar pra ver a evolução da personagem e os looks…

Beijos de luz,

Nena.

Os looks do AMA 2017

Helloooo, môsamores!
A quadragésima quinta edição do American Music Awards (AMA) encerra a temporada de premiações do ano, consagrando os artistas escolhidos pelo grande público em 2017 (dá-lhe Despacito!!!) e nóis da moda, miramos nos melhores, piores ou mais polêmicos looks do pessoalzinho da fama…
Com direito a homenagem aos 25 anos do filme “Guarda Costas”, Christina Aguilera arrasou na homenagem a Whitney Houston, cantando sucessos como “I Will Always Love You”; “I Have Nothing” e “I’m Every Woman”…!
Bem, pra encerrar bem o assunto, escolhi quem sim, quem não e quem nunca no quesito moda:
Meus favoritos:

Sabrina Carpenter de Missoni – Piro quando uma menina tão novinha sai do lugar comum e usa uma coisa tãooooo old, gostei de tudo num grau bem alto, mas, as botas e o cabelo roubaram meu coração!

Hailee Steinfeld de Thierry Mugler – Terninho de alfaiataria, com ombro mega estruturado e top de couro? Temos. O tal do menos é mais, né genty???

Heidi Klum de Versace vintage – Essa mulé nunca erra, deusa/diva sempre, a apresentadora do meu reality favorito acertou nas listras verticais (alongou muito) e no decotão, a cartela de cores é muito atual!

Kat Graham usando Ronald van der Kemp – Num primeiro momento, achei casual demais para um prêmio, butttt, a assimetria da saia, o caimento lindo da blusa e a bolsa de strass mudaram minha opinião! Sabe aquela roupa que “orna”? Então!

Lea Michele a bordo de um J. Mendel – Corretíssimo, talvez tenha faltado uma dose de ousadia! A make iluminada combinou muito com o visual clean!
Sessão “Tô na dúvida, benhê”:

Selena Gomez de Coach – Daria uma nota sete pra esse dress fetiche de Selena, mas, o novo cabelo merece um dez!

Yara Shahidi veste Prada (não resisti ao trocadilho kkk) – Ponto pra ousadia e criatividade, mas, não acho que o conjunto da obra tenha ficado harmonioso.

Pink in Monique Lhuillier – Pink, vc sabe que é a dona do meu coração, néam? Mas, amiga que é amiga dá a real pra outra, então, quando chegar em casa queima na fogueira esse vestido que te deixou gorda, triste e desconfortável! O cabelo é tudo de bom…

Bem, para o bem ou para o mal, é o que temo pra hoje!

Beijos de luz,

Nena.

Combo de trends para o feriado!

Oi, môsamores! Pra esse feriado quis trazer mais uma versão dessa peça tão “bombada” por aí, que é o blazer xadrez, só que dessa vez numa composição com dois outros itens que já se consagraram nas últimas coleções: Pantacourt e transparência! E como na moda, ao meu ver, tudo é experimentação e desconstrução, joguei um oxford masculino e trouxe uma leve pegada tomboy à produção….
P.S. Mesmo no verão os dias mais fresquinhos e chuvosos permitem o uso do blazer…
Enquanto isso, enjoy a holiday!!!

Bjs de luz e bom feriado!

Nena.